segunda-feira, 27 de julho de 2015

VAZAMENTO EM TUBULAÇÃO ESTAVA CAUSANDO DANOS AO ASFALTO DA AV. DR. ALBERTO D'OLIVEIRA

Um buraco no asfalto da Av. Dr. Alberto d'Oliveira estava chamando a atenção de quem passava pelo local, o fato é que o buraco estava sempre com água, mesmo em dias sem chuva. A desconfiança de um cano estourado foi confirmada pela Compesa que esteve hoje no local e constatou que havia um vazamento na tubulação. A noite, a quantidade de água era maior, justamente no período em que o consumo da população é menor, o que causava uma vazão maior de água na Avenida.














VITARELLA FAZ A ALEGRIA DAS CRIANÇAS COM APRESENTAÇÃO DO CINE TRELOSO EM BONITO

A cidade de Bonito recebeu na noite deste domingo (26) a caravana da Turma do Treloso e o Cine Treloso, projeto da empresa Vitarella que percorre em um mês, mais de 25 localidades entre bairros do Recife e cidades do interior. Essa é a segunda vez que o Cine Treloso vem à Bonito, a apresentação estava marcada para a Praça de São Sebastião, mas não foi possível por conta da chuva, sendo assim, transferido para o Centro de Abastecimento localizado no Pátio da Feira.

A criançada tomou conta do espaço cedido pela Prefeitura, enquanto não começava o filme, a equipe da Turma do Treloso se apresentava para a platéia e distribuía centenas de biscoitos Treloso. O animador colocou três opções de filme para a criançada escolher, e a Bela e a Fera foi o escolhido. Na sua segunda apresentação em Bonito, o Cine Treloso mostrou mais uma vez o sucesso do projeto na cidade.










Fotos: Wagner Wilker/TMZ





ESCÂNDALO DA FAEXPE GANHA DESTAQUE NACIONAL

Há uma semana o assunto mais discutido no Estado de Pernambuco é sobre o escândalo da Faexpe denunciada pelo Ministério Público Federal de Serra Talhada. A princípio, a decisão do MPF era de paralisar as aulas apenas nos municípios de atribuição da 38ª Vara Federal em Pernambuco, mas, a notícia se propagou muito rápido, e alunos da faculdade que ficam em cidades do Agreste começaram a se preocupar e querer explicações, o que obrigou a entidade a emitir notas e mandar advogados para as cidades para tentar contornar a situação com os alunos. 

O Caso se tornou conhecido nacionalmente depois que o Telejornal Fala Brasil, da TV Record, mostrou a matéria. Outros telejornais do estado também destacou a mesma situação.

Clique na Imagem e assista a reportagem no Fala Brasil da TV Record.

Imagem: Reprodução/R7






A FAMÍLIA E A PESSOA COM DEFICIÊNCIA - POR SUELI SILVA

A chegada de um novo membro na família é sempre um momento de expectativas e de reestruturação na vida familiar. Começa um lento e gradual movimento de preparação do espaço familiar para a chegada de um novo ente. São mudanças que ocorrem nos aspectos emocional, comportamental, físico, social e econômico. Da mesma forma que a família vem sendo construída historicamente e se estrutura nas formas que a conhecemos hoje, a dimensão afetiva também se constrói historicamente e socialmente, desde que a perspectiva da chegada de um bebê se apresenta no enredo familiar. Inicia-se muito antes de o novo membro chegar a gestação de um sentimento de pertencimento desse novo ser a esse núcleo de relações elementares chamado família.

Antes mesmo do nascimento do um bebê, ele já existe nos pensamentos, fantasias e desejos de seus pais. É comum que essas fantasias estejam ligadas aos conteúdos emocionais dos genitores e que atendam a uma idealização dentro dos padrões de nossa sociedade; padrões que enfatizam o perfeito, o saudável, o bonito. A mãe já imagina seu filho aconchegado em seus braços com os traços que lhe são familiares e atrativos. O pai, por sua vez, pode imaginar, o filho correndo atrás de uma bola saltitante e feliz. Não só é comum como perfeitamente saudável que os pais e demais membros da família exercitem essa produção de imagens, que nada mais é do que a materialização de um futuro próximo e desejável.

Além do desejo manifestado em pensamentos, fantasias (conscientes) e sonhos (inconscientes) de conteúdo positivo em relação ao bebê que chegará, é comum que esses mesmos condutores internos possam expressar temores em relação à maternidade. Um dos temores mais comuns e universais diz respeito ao medo de dar à luz um filho com deficiência , logo quando ocorre a confirmação de uma gravidez a primeira frase que ouvimos é : Parabéns! que venha "perfeito" e com saúde. Isso decorre do natural desejo de ter um filho saudável e já aponta o temor de gerar uma criança que, por alguma limitação, não possa ser adaptada ao meio social e cultural; uma criança que dependerá exclusivamente de sua família que, nesse momento, não se acha preparada para um desafio dessa natureza. Além da deficiência em si e suas dificuldades inerentes, outra situação que torna o cenário mais complexo é a atitude da sociedade diante dela. A ideia de deficiência instituída no imaginário social gera instantaneamente a imagem de incapacidade, de dependência, de sofrimento, de trabalho, de culpa e de dor. Não é raro observar, nas falas de pais e mães que esperam um bebê, a esperança de que seu filho possa, de alguma forma, realizar coisas que eles não alcançaram. É evidente que pensamentos que ameaçam esses sonhos sejam prontamente eliminados e que a expectativa de uma criança sem maiores problemas permaneça como imagem central do desejo familiar.

Na realidade, as famílias possuem uma estrutura razoavelmente estável, papéis definidos, suas próprias regras estabelecidas e os seus próprios valores. Porém a chegada de uma criança com deficiência geralmente torna-se um evento traumático e de grandes mudanças, pois em nossa sociedade, não é comum sermos estimulados a pensar naquilo que não é padrão, naquilo que não é constituído e socialmente aceito como regra. O impacto que a chegada de uma criança com deficiência causa sobre a família faz com que o próprio grupo familiar seja obrigado a desconstruir seus modelos de pensamentos e a recriar novas vivências e conceitos, a fim de se ajustarem ao novo estilo de vida.

Os sentimentos enfrentados diante da presença de um filho com deficiência é um fator que pode interferir na estrutura familiar e no relacionamento entre pais e filhos. O sentimento de descrença, incerteza, culpa, vergonha, choque, perda, tristeza, depressão, rejeição e até mesmo raiva são comuns entre os pais diante do enfrentamento da informação de que seu filho apresenta algum tipo de deficiência. Além das pressões internas que a família terá que lidar, esta também irá enfrentar as pressões externas da própria sociedade que tem dificuldades em conviver com as diferenças. A família é o primeiro campo, o primeiro ambiente significativo da criança, é onde ela aprende sobre o mundo e sobre a vida através das relações com cada integrante do grupo. Depois de passar por um longo processo de superação até chegar a aceitação a família tende a se reorganizar e fortalecer os laços visto que quando há apoio mútuo entre o casal a contribuição é muito positiva para o desenvolvimento e crescimento da criança com deficiência que requer amor, cuidados, atenção, estímulo, confiança, acompanhamento etc.

Desta forma é necessário lembrar a necessidade de maior conscientização, orientação, conhecimentos para as famílias que têm crianças com deficiência. Conscientizar das suas responsabilidades e dos efeitos profundos e duradouros das suas reações no crescimento e desenvolvimento dos seus filhos. Existe um caminho promissor, um caminho de cheio de possibilidades, aberto a todos aqueles que acreditam e têm a coragem de enfrentar desafios sabendo que nada é impossível para aqueles que lutam e acreditam. A família é a base de tudo ! A minha família não desistiu, lutou, acreditou e enfrentou desafios e hoje eu "agradeço a Deus por tudo isso. " !





domingo, 26 de julho de 2015

VÁ SEM PRESSA, FAÇA UMA PRECE! - POR PAIVA NETTO

Sempre tenho chamado a atenção das pessoas para que tomem cuidado com o trânsito nas estradas e nas metrópoles.

Num editorial da conceituada Folha de S. Paulo, de maio de 1994, encontrei este pensamento de Goethe (1749-1832), famoso vate e escritor alemão: “A morte é, de certa forma, uma impossibilidade que, de repente, se torna realidade”. Realmente, a maioria dos seres humanos não pensa que um dia terá de “passar desta para melhor ou para pior”, de acordo com o seu comportamento na Terra.

O grande equívoco da Humanidade é viver como se depois da morte nada houvesse. Certamente, conforme nos revelam os Mentores Espirituais, um dos maiores dramas na Pátria da Verdade é a chegada de multidões livres das algemas da carne, mas completamente ignorantes do que seja o Mundo Invisível.

Mas voltemos ao editorial da Folha de S. Paulo, sobre violência no trânsito, cujo conteúdo, infelizmente, ainda é atualíssimo: “(...) a frase do grande poeta alemão reflete com admirável precisão a maneira como muitos encaram a morte. E não resta dúvida de que essa visão é especialmente comum entre os jovens, cuja inexperiência aliada a um arrebatamento natural como que lhes confere um sentimento de onipotência e imortalidade. E esse sentimento, por ser extremamente enganoso, tem muitas vezes consequências terríveis. As mais notáveis e perversas se fazem ver no alto índice de envolvimento de jovens em acidentes de trânsito no mundo inteiro. Desastres do tráfego já são a principal causa de morte nessa faixa etária, fazendo mais vítimas do que a aids ou outras doenças incuráveis”.

Não adianta dispor leis para os seres humanos. É preciso prepará-los para a Lei. O código de trânsito já existe. Todos sabem que têm de utilizar o cinto de segurança, diminuir a velocidade e respeitar sinais e faixas. No entanto, por que muitos não cumprem essas normas? Talvez porque não valorizem a própria existência.

A Campanha Vá sem pressa, faça uma prece!, promovida pela Legião da Boa Vontade, visa à conscientização de motoristas e pedestres, para que venham a acatar as leis de trânsito por Amor à sua vida e à dos semelhantes.

Fica aqui, portanto, a nossa contribuição para o fim da violência no trânsito, de forma que a velocidade irresponsável ainda existente nas ruas se sublime em atos cada vez mais velozes de socorro às pessoas em situação de pobreza e de respeito a todos. Eis o nosso lema: Promover Desenvolvimento Social, Educação e Cultura, com Espiritualidade Ecumênica, para que haja Consciência Socioambiental, Alimentação, Segurança, Saúde e Trabalho para todos, no despertar do Cidadão Planetário.

Vá sem pressa, faça uma prece! 

LBV — trânsito livre para a Vida

Educação e trânsito

Lamentavelmente, poucos refletem no fato de que, no Brasil, o trânsito tem feito um número maior de vítimas do que muitas guerras. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em média 150 pessoas morrem por dia nesses acidentes no Brasil. Boa parte desses casos não ocorreria se motoristas e pedestres fossem mais prudentes e observassem dicas simples ao conduzir um veículo ou ao atravessar uma rua. Atitudes iguais a essas evitariam o sofrimento de milhares de famílias e o prejuízo que, todos os anos, é superior a R$ 30 bilhões, segundo estimativas do Denatran, em consequência dos acidentes de trânsito nas rodovias e vias urbanas.

Por isso, é fundamental:

— não dirigir cansado, sob a influência de emoções ou sob efeito de bebidas alcoólicas e/ou de qualquer substância entorpecente;
— não trafegar acima dos limites de velocidade;
— usar constantemente o cinto de segurança;
— conhecer bem o veículo que se dirige e mantê-lo em boas condições de funcionamento;
— desenvolver uma direção defensiva, prevenindo, dessa maneira, acidentes; e — levar as crianças até 10 anos de idade no banco traseiro do carro.

A conscientização é o primeiro passo para o fim da “guerra” nas estradas e ruas brasileiras. Para isso, é muito importante, acima de tudo, que a Boa Vontade esteja presente entre motoristas e pedestres. Vivamos, todos nós, em paz no trânsito!

A Prece do Motorista

(Extraída da Revista Boa Vontade, no 26, de agosto de 1958, a Oração ficou famosa na interpretação de Alziro Zarur (1914-1979), saudoso fundador da LBV, em seus programas radiofônicos.)

Jesus,
quero que sejas
a Luz dos meus olhos,
para que eu veja sempre o caminho certo!
O Guia de meus braços,
para que eu me dirija sempre para o Bem!
A Força de minha vida,
para que eu resista na luta diária pelo pão!
O meu Amigo constante, 
para que eu sirva a todos com Boa Vontade!
O Amor de meu coração,
para que eu ame a todos como a mim mesmo!






ALUNA TENTA AGREDIR PROFESSORA E O CASO VAI PARAR NA DELEGACIA

Recebemos informações de alunos da Faculdade Paranapanema, em Bonito, de que uma Professora da referida Faculdade foi agredida moralmente, verbalmente e só não foi agredida fisicamente porque foi impedida pela turma da sala de aula.

Segundo os alunos, o motivo foi que a professora estava explicando a turma sobre a liminar judicial contra a Faculdade expedida pelo Ministério Público Federal, quando uma aluna começou com chacotas com a professora e chamando a mesma de golpista e pilantra, a professora não rebateu e nem respondeu as grosserias da estudante, o que teria provocado a ira da aluna que chegou a por em questão a diplomação da professora e partiu para tentar agredir a mesma fisicamente, sendo impedida pela turma que estava presente no local. Diante dos fatos, a professora, que não teve o nome revelado, prestou queixa contra a aluna que também não teve o seu nome revelado.

A nossa equipe teve acesso ao Boletim de Ocorrência feito pela professora na Delegacia.



Imagens: Cortesia/WhatsApp





COMUNICADO CINE TRELOSO


sábado, 25 de julho de 2015

COLISÃO ENTRE TRÊS VEÍCULOS CAUSA MORTE DE BONITENSE NO PIAUI

Um grave acidente no início da tarde deste sábado (25), tirou a vida do caminhoneiro bonitense José Edmundo de Lima, de 65 anos. De acordo com o agente Charlton Nascimento, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma ultrapassagem proibida causou a colisão de três veículos na BR-316, altura de Demerval Lobão (30 Km de Teresina). 

Segundo a PRF, José conduzia um caminhão carregado de ferragens que colidiu com a traseira de um veículo de passeio que seguia à sua frente."No outro veículo havia mais quatro pessoas, segundo informações preliminares, mas nenhum ficou no local. Ou foram socorridos ou abandonaram o local do acidente. O outro carro, que teria tentado a ultrapassagem, não foi localizado", informou o Policial Rodoviário.

A colisão ocorreu porque o condutor do carro de passeio teve de frear bruscamente quando um outro veículo, que seguia na direção contrária, fez uma ultrapassagem em local proibido. Com a tentativa de parar o veículo, que seguia em alta velocidade, o condutor colidiu e acabou capotando o caminhão, que saiu da pista. Ele ficou preso às ferragens, moradores da região tentaram socorrer, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. 

Com informações do cidadeverde.com




CAMPANHA MOBILIZA AMIGOS DO JORNALISTA UBIRATAN MACIEL

Essa semana eu recebi uma notícia de um amigo de faculdade perguntando se eu tinha visto uma matéria sobre uma campanha que estaria sendo realizada para o nosso ex-professor de Fotografia, Ubiratan Maciel, mais conhecido por Bira Nunes. Confesso que ao ver a postagem a emoção tomou conta pois o apreço que tenho pelo professor é muito grande. Estou republicando a matéria que foi veiculada no Portal Mídia Urbana, da cidade de Caruaru. Conto com todos os amigos de Bonito e região para curtir a página Te Dou Meu Coração.


Campanha realizada por caruaruenses alerta para doação de órgão
Do Portal Mídia Urbana

Você já deve ter pensando em como serão as coisas depois que você morrer. Já pensou em doar órgãos? Pois uma campanha na internet, iniciada numa página no Facebook, e que teve o ponta pé inicial dado pelas jornalistas Edmea Ubirajara, Renata Torres e Fernanda Sales, fala um pouco disso e também tenta passar força para o caso de um outro jornalista que espera a doação de um coração para um transplante. Não entendeu? A gente te explica.

Jornalista Ubiratan Maciel (Bira Nunes) Reprodução/Facebook
O jornalista Ubiratan Maciel, desde criança percebeu que algo errado acontecia com ele, mas que os médicos não identificaram. Depois de muita luta, Bira como é conhecido entre os amigos e alunos, descobriu uma Distrofia Muscular Rara que afetou seu coração. “Há um pouco mais de três anos sofri um espasmo e consequentemente a morte de tecidos, tecnicamente um infarto. Depois deste episódio passei a registrar uma insuficiência cardíaca grave, a mesma que me afastou das minhas atividades laborais e me impossibilitou de ter uma vida normal, como tinha.”
Segundo Bira, a distrofia é degenerativa e progressiva e o coração é um órgão que permite o transplante. “Desde o evento ‘infarto’, vivo através de muitas restrições. A Possibilidade de um transplante me dará mais qualidade de vida, porém não uma recuperação completa. Há alguns meses o meu estado de saúde tem apresentado algumas pioras, o que levou a equipe médica que me acompanha adiantar os procedimentos para o transplante, já que é considerado a última alternativa como tratamento”, destacou.

Sabendo de todo o sofrimento enfrentando por ele, um grupo de amigos jornalistas pensou em como ajudá-lo e encontraram a resposta, na divulgação da causa e quem sabe sensibilizar famílias a doarem os órgãos. “A gente pensou em fazer uma espécie de campanha. Quando foi nesta semana, uma matéria na TV falou sobre o caso e percebi que ele [Bira], queria que isso fosse evidenciado. Inicialmente pensei que ele não queria que fosse. Com a #SomosTodosBira, eu e Nanda, pensamos em fazer algo com coração, já que ele quer um coração. Foi ai que surgiu a página Te dou meu coração, disse. Segundo Edmea, as pessoas tem aderido a campanha e em cerca de 24h de criação da página, a mesma já foi curtida por mais de mil pessoas.
Para Ubiratan o ato da doação é acima de tudo, um ato de amor. “A doação é abdicar algo que nem lhe interessará mais em instantes. Quem sofre morte cerebral não volta. O corpo físico em breve também entrará em decomposição.  Nesse momento de dor, doar um órgão de um familiar é um gesto de amor ao próximo. É permitir que alguém possa sonhar em melhoras e na tentativa de viver bem através de uma pesada e minuciosa recuperação.”
“Doar era o que a gente devia fazer nesta vida. Nada vamos levar daqui. Se você acredita que tem um órgão saudável é importante você doar. As pessoas tem que entender que ninguém está violando nada. Aquela pessoa já não está mais aqui e você deve se colocar no lugar do outro. O principal foco da doação deve ser se colocar no lugar do outro e assim passamos a fazer muita coisa boa”, acrescentou Edmea.
Pra ser doador, você precisa apenas avisar ao seus familiares, amigos desse seu desejo e assim você pode está salvando uma vida. Quer participar da campanha “Te dou meu coração”? Visite a página no Facebook e entre nessa você também.



SECRETARIA DE OBRAS CONSERTA GALERIA DENUNCIADA POR INTERNAUTA

Estivemos hoje pela manhã na Rua José Bezerra de Melo e constatamos que a Secretaria de Obras realizou o trabalho na galeria a qual foi denunciada por um internauta. Encontramos o morador que nos enviou as imagens anteriormente e ele confirmou que foi feito uma troca da tubulação e alguns reparos.


Imagem: Renato Ramos/WhatsApp

Veja a denúncia feita AQUI



ALUNOS DECIDEM PROCESSAR FACULDADE EM BONITO


 Foto: Wagner Wilker/TMZ

A noite dessa sexta-feira (24) serviu de mais um capítulo da novela envolvendo os alunos da Faculdade Paranapanema em Bonito. Desde que a Faculdade foi citada em um processo aberto pelo Ministério Público Federal, em Serra Talhada, juntamente com a Funeso, a FAI e a Faexpe, que os alunos tentam uma explicação convincente sobre o problema e até agora, segundo os mesmos, não conseguiram.
"Na segunda-feira chegou um homem aqui dizendo que era advogado da faculdade, falou que a mesma estava toda certa, credenciada pelo MEC e que a questão seria a Faexpe, porém, ele não garantiu que nós receberíamos o diploma, isso deixou os alunos ainda mais confusos e cheio de incertezas. Marcaram uma reunião para quarta, depois remarcaram para hoje, e quando chegamos aqui demos de cara com a escola fechada", Disse um aluno do curso de Segurança do trabalho que preferiu não se identificar
Os alunos do curso de Técnico de Enfermagem se reuniram com a Dra. Sarah Cardona na certeza de chegar a um acordo com a faculdade, mas, a reunião que havia sido marcada para hoje entre representantes da faculdade e os advogados dos alunos não aconteceu porque os advogados da Paranapanema não compareceram no local. "Havíamos marcado uma reunião para hoje, falei pessoalmente com o Sr. Gutemberg e ele nos garantiu, porém, quando chego aqui no prédio, dou de cara com o portão fechado e os alunos no lado de fora, entrei em contato com o representante da faculdade e o mesmo nos informou de que não havia nenhuma reunião marcada, que tínhamos entendido errado. O que está acontecendo aqui é uma falta de responsabilidade e de sensibilidade da faculdade para com os alunos", ressaltou Dra. Sarah.

Os alunos foram taxativos em relação a situação, depois de alguns minutos em reunião, decidiram entrar com uma ação contra a faculdade pedindo a rescisão do contrato, o ressarcimento do dinheiro corrigido, além de danos morais.
"Estamos tentando de todas as formas uma conversa amigável, mas o que estamos vendo é uma falta de respeito com todos os alunos que depositaram nela (Faculdade) toda nossa confiança. Não queríamos ir pelo meio judicial, porém, o que se mostra claramente aqui é que a faculdade está nos obrigando a fazer isso, e se é isso que eles querem, é isso que vamos fazer" disse uma aluna do curso de Técnico de Enfermagem.





ÚLTIMO SORTEIO DA PROMOÇÃO PEPSI/BRASIL SERÁ NESSE DOMINGO

É com grande alegria e satisfação que agradecemos a todos os internautas que se inscreveram na promoção Pepsi/Brasil, que chega ao final neste domingo sorteando um carro, uma casa e 20 mil reais em dinheiro. Agradecemos a oportunidade de ter sido parceiro do BezerrosHoje nessa promoção. Ainda dá tempo de você concorrer ao último sorteio, basta clicar na imagem abaixo e fazer sua inscrição. Caso já tenha, basta fazer o login e inserir mais códigos de barras.



ALUNOS TENTAM COBRAR EXPLICAÇÕES E ENCONTRAM FACULDADE FECHADA, "NÃO AGUENTAMOS MAIS TANTA HUMILHAÇÃO"

A situação do alunos matriculados na Faculdade Paranapanema em Bonito está cada vez mais complicada. Após a notícia de que a faculdade teria sido citada em um processo pelo Ministério Público Federal, os alunos ficaram preocupados e começaram a cobrar explicações por parte da faculdade, segundo alguns alunos, pouco foi explicado e a sensação de incerteza começa a deixar alguns alunos aflitos e ao mesmo tempo, revoltados.

Uma reunião havia sido marcada para hoje, quando os alunos chegaram no prédio onde funciona a faculdade encontraram o mesmo fechado, depois de um bom tempo no lado de fora, os alunos conseguiram entrar no prédio e foram cobrar explicações na diretoria, chegando lá, mais uma decepção, a mesma se encontrava fechada. O sentimento de revolta e indignação tomou conta de todos.

"Isso é uma vergonha, meu sentimento é de indignação e revolta, investimos para ter um futuro digno, um trabalho bom e chegar agora, praticamente no final do curso, quase realizando um sonho e descobrir que é tudo uma farsa" falou Nathália Silva, aluna do curso de Técnico de Enfermagem.

Outro aluno do curso de técnico de Enfermagem, Sidney Soares, falou do tempo perdido, "Foi muito tempo investido, muito tempo de estudo e chegar agora e saber que você não vai ser diplomado é muito triste. Todos nós fazíamos planos, ai você descobre que o que era sonho, virou pesadelo", disse o aluno.

Para Daniela de Andrade, aluna do curso de Pedagogia, o que mais pesa nesse momento é a humilhação sofrida por todos, "Isso é uma falta de respeito, não aguentamos mais tanta humilhação, o constrangimento é total. São mais de dois anos e meio de estudos e não recebemos nem mesmo uma satisfação? algumas pessoas da faculdade foram até irônicas conosco, exigimos respeito. Além de continuarem mentido, falando que tá tudo certo, que não precisamos nos preocupar ainda tem a cara de pau de falar que no final do curso todos nós receberemos os diplomas", concluiu Daniela.


A nossa equipe tentou falar com representantes da Faculdade mas até o momento não tivemos retorno.







sexta-feira, 24 de julho de 2015

VEREADOR REALIZA OPERAÇÃO TAPA BURACOS NA PE-109

Foto: Wagner Wilker/TMZ
Pouco mais de dois anos após sua última grande reforma, a PE-109, que liga a cidade de Bonito ao Trevo de Formigueiro, passando por Alto Bonito, começa a causar prejuízos e preocupações aos motoristas que trafegam pela referida estrada. Segundo alguns motoristas, os buracos estão começando a tomar proporções grandes. Em maio, o vereador Wladimyr Espíndola apresentou um requerimento na Câmara de Vereadores direcionado ao DER para que fosse realizado uma Operação Tapa Buracos, o requerimento foi aprovado por unanimidade pela Casa Leônidas Vila Nova, porém, o DER até o momento não deu nenhum sinal sobre a operação.

Não aguentando mais a situação, o vereador tomou a decisão de por conta própria realizar a operação Tapa Buracos. Junto com moradores da localidade, Wladimyr começou a fechar os buracos entre o distrito e a cidade.
"Apresentei o requerimento em maio, o mesmo foi aprovado por unanimidade e até agora nenhuma resposta do DER, não poderíamos esperar mais, a situação está ficando complicada, os moradores estavam cobrando uma ação, então tivemos que tomar essa decisão e por conta própria realizar essa operação", falou o vereador.








EMPRESA BRITÂNICA COMPRA A MAGUARY


A fabricante de bebidas britânica BritVic comprou nessa quinta-feira por R$ 580 milhões, a empresa brasileira Ebba, dona das marcas Maguary e DaFruta e um conglomerado pertencente à família Tavares de Melo. Em comunicado, a Britvic destacou que a Ebba é a maior fornecedora de sucos concentrados no Brasil e a segunda maior fornecedora de sucos e néctares prontos para beber.

A Ebba possui duas fábricas no Brasil, uma em Araguari (MG) e outra em Aracati (CE). No mercado internacional, a empresa ocupa a posição de terceiro maior exportador mundial de polpa de sabores como açaí e acerola e exporta matéria-prima e sucos para países como Japão, EUA, Alemanha, Holanda e Inglaterra.


G1


A Maguary em Bonito

A empresa foi fundada no município de Pedras de Fogo, no estado da Paraíba, no ano de 1953, pela família Tavares de Melo, entre eles Silvio, Romildo, Terezinha e Virgílio, e pelo empresário Clóvis Nóbrega Lima, com o principal objetivo de industrializar as frutas típicas da região, que inicialmente limitava-se a produtos derivados do abacaxi. Pouco depois, ainda nesse mesmo ano, a empresa introduziu no mercado a marca MAGUARY, um suco concentrado originalmente no sabor abacaxi, que não demorou muito para conquistar a mesa do consumidor brasileiro, tornando-se referência indiscutível de sucos de frutas no Brasil, sinônimo de naturalidade e qualidade. O nome “Maguary” é originário de um pássaro da região nordeste.

Buscando ampliar sua produção pelo nordeste, foi inaugurada em 26 de janeiro de 1962, As Indústrias Alimentícias Maguary S.A., considerada até hoje, mesmo após 27 de sua saída do município, como a maior empresa já instalada em Bonito e toda região. Segundo informações, a Maguary chegou a empregar quase 1400 funcionários.

Em Bonito, a Maguary era responsável por fabricar sucos de frutas, leite de coco e coco ralado, chegou uma época em que a fábrica trabalhava 24 horas sem parar, durante 26 anos, a empresa foi responsável por alavancar a economia da cidade. Infelizmente, em 1990, As Indústrias Alimentícias Maguary anunciou o encerramento de suas atividades em Bonito.





VC NO 360° - GALERIAS ENTUPIDAS

Um morador da Rua José Bezerra de Melo, no Bairro da Vila da Cohab, nos enviou através do nosso WhatsApp (81 9 9653.7999) uma denúncia sobre problemas com a galeria de esgoto entupida. Segundo o internauta, o problema persiste há dois anos, após um serviço feito pela Compesa no local.

"Caro Wagner, 

Há aproximadamente dois anos, a Compesa esteve aqui na Rua José Bezerra de Melo, na Vila, e abriu a rua de um canto a outro para fazer a troca da tubulação de água, durante os serviços, algumas galerias de esgoto ficaram danificadas, ficando entupidas por várias vezes. Peço para que você nos ajude com essa publicação para ver se a Compesa ou a Secretaria de Obras venha consertar essas galerias. Estou lhe enviando algumas imagens para mostrar a situação, os próprios moradores tiveram que sair quebrando o calçamento para que a água escoasse, espero que com sua ajuda tenhamos êxito. 

Obrigado.

Renato Ramos."







Proxima  → Página inicial

Postagens populares